chris-limbrick-puC9ug8xU_4-unsplash.jpg
self k (2).jpg

KARINA PAITACH

Psicóloga Clínica - CRP 06/68011

Phone:

(16) 98144-6404

Email:

Endereço:

Rua Garibaldi 2052 sala 06

Ribeirão Preto / SP

logo clínica 2.png

Curiosidade:

Meu Logo possui as 3 inicias do meu nome e

o símbolo da Psicologia também.

Eu demorei mais de 1 ano para criá-lo.

Um pouco mais da minha jornada...

Fui morar em São Paulo em 1997 com 19 anos para cursar a faculdade de Psicologia. Como eu sempre quis trabalhar na clínica, assim que eu me formei aluguei uma sala, em São Paulo e com a cara e a coragem de uma recém formada eu fui trabalhar e nunca mais parei.

Amo estudar Psicologia, Filosofia, Sociologia e busco meu aprimoramento constantemente pois sei que isso interfere na minha prática clínica. Por isso desde o 2º semestre da faculdade iniciei meu processo analítico e faço terapia até hoje. 

Pintar aquarela é uma das minhas paixões e tenho muita facilidade com computação gráfica, sou autodidata em desenho o que me levou a fazer uma formação em Design Gráfico há uns 15 anos, primeiro por hobby e hoje uso meus conhecimentos para fazer a gestão pessoal. Outro hobby é escrever o que me levou a iniciar a escrita de um livro sobre Psicoeducação que desejo publicar em breve!

Minhas abordagens

Terapia dos ESQUEMAS

Psicologia Analítica

Comunicação Não-violenta

A Terapia dos Esquemas utiliza vários conceitos e métodos derivados de outras escolas. Entre elas da Gestalt e da psicanálise. Da integração resultou um modelo unificado, maior que a soma de diferentes partes.

A Psicoterapia Analítica busca integrar aspectos inconscientes à consciência, com o objetivo de proporcionar equilíbrio e bem-estar ao indivíduo, ajudando o paciente a viver de acordo com o que ele realmente é e resgatar a sua essência. A interpretação de sonho é uma ferramenta desta abordagem.

A essência da CNV está na consciência de quatro processos ou como eu gosto de chamar PILARES – observação, sentimento, necessidade e pedido – e não somente nas palavras que são trocadas diretamente no diálogo pelos interlocutores. 

chris-limbrick-puC9ug8xU_4-unsplash.jpg